Deslumbrante

"Há certas horas que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado sem nada dizer. Alguém que ria de nossas piadas sem graça, que ache nossas tristezas maiores do mundo, que nos teça elogios sem fim. E que apesar de todas essas mentiras uteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável. Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado. Alguém que nos possa dizer: “Acho que você está errado, mas estou do seu lado."

“Todo menino quer ser gente grande, todo adulto quer ser criança, toda flor quer ser passarinho, toda jaula quer ser de papel. O hoje quer voltar a ser ontem, o ontem quer ver o amanhã, amanhã quer esquecer de tudo e o tudo inveja o nada, que nada tem para se preocupar, nada tem para entender, nada em direção a nenhum lugar, nada de mar em mar. A fé quer ser verdade e a verdade quer ser provada, porque verdade é só palavra que a boca teima em não dizer. Se tudo fosse o que quisesse ser, a tristeza seria alegria, a distância seria uma curva e a saudade seria você.”

—   Cinzentos.     (via versificar)

(via versificar)

(via versificar)

(Source: ohhellokelsey, via versificar)

(Source: hydrotoxicity, via discolor3d)

officialrodarte:

Thank you James Kaliardos for NARS Cosmetics for the stunning makeup at our SS14 show! (photo by Vogue.com)

officialrodarte:

Thank you James Kaliardos for NARS Cosmetics for the stunning makeup at our SS14 show! (photo by Vogue.com)

unabide:

Stanislaw Drozdz

“Não durmo cedo. Pode chamar, ligar, aparecer na janela: eu vou estar de olhos bem abertos. Pode me convidar para andar, conversar, olhar as estrelas ou ficar em silêncio. Pode me questionar, tirar para dançar, ler uma poesia ou pedir um carinho. Sou do tipo que considera a noite muito mais bonita. Sou, entre tantos tipos, daqueles que pouco dormem e muito sonham. Eu tenho encantos eternos pelos mistérios da noite. E o escuro também me abre visões.”

—   Camila Costa.  (via caligrafas)

(Source: camilacosta, via caligrafas)

amare-habeo:

Raoul Dufy (1877-1953)
Composition with Flowers (Composition Fleurie), N/D

amare-habeo:

Raoul Dufy (1877-1953)

Composition with Flowers (Composition Fleurie), N/D